quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Falta de sinalização à saída da via-expresso na Raposeira

A falta de sinalização na saída da Via Expresso na Raposeira, para a Estrada Regional 222, próximo do Bar e Mini Mercado Raposeira, expõe muito perigo para a quem por ali circula. Muitos dos motoristas que por ali passam e que desconhecem o local já apanharam muitos susto, os que conhecem passam com precaução. 

Na primeira foto é possível observar um sinal de cedência de passagem, mas só para os motoristas que viram à direita (zona da Igreja), para os que viram à esquerda (Ponta do Pargo) será um sinal de STOP. Pode parecer estranho, o motorista que sai da Via Expresso ter de ceder passagem  ou fazer STOP para uma Estrada Regional mas é assim que os técnicos entenderam ser mais oportuno para o local e de facto é o mais aconselhável.

Reposição da sinalização
A quem tem a responsabilidade pela conservação e sinalização da Via Expresso, os motoristas pedem que seja colocada sinalização para evitar mais sustos ou acidentes.

2 comentários:

Osvaldo Rodrigues disse...

Bom e barato era pintar uma rotunda no pavimento, mas se não houver tinta para isso o melhor mesmo é retirarem toda a sinalização e ficar a funcionar a regra da prioridade para quem se apresentar pela direita.
Se for para colocar nova sinalização, até que a via expresso esteja concluída e em funcionamento até a Ponta do Pargo, a sinalização que ficaria melhor em meu entender, que sou um utilizador diário dessa artéria, seria dar prioridade a quem saí da via expresso porque é quem tem menos visibilidade.
Assim, teriam prioridade quem saísse da via expresso e quem viesse do lado oeste e entrasse para a via expresso (como já é agora). Um stop para quem viesse do lado este e pretendesse entrar para via expresso. Cedência de passagem (em relação a quem sai da via Expresso) para quem apenas circulasse na estrada regional 222 sem mudar de direção e claro um sinal de proibido estacionar na via publica.

Anónimo disse...

Na primeira foto o que me salta à vista é definitivamente aquela nojentice de rotunda. Muita mata, uma selva. Porque raios nao pode ser bonitinha comoa do Estreito Calheta?