terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

Uns “espigos” para o almoço

Com a pouca chuva que deu o ano passado já houve poucos “olhos de couve” e nesta altura que já era para haver “espigos” (grelos de couve) de fartura, a coisa está feia, pois há poucos. Mas sempre consegui arranjar um molhinho deles para o almoço….alheira com “espigos”. Bem bom!

5 comentários:

Anónimo disse...

Essa refeição dá para mais uma pessoa? Eu adoro alheiras, grelhadas, fritas, tanto faz. Mas dipenso os espigos.

Anónimo disse...

hum......... espigos, que bom! Mas a alheira sera caracteristica da nossa terra? Ou sera de fabrico caseiro? na minha zona os espigos comemse com bacalhau ou num cozido... com carne de porco e derivados da mesma de fabrico caseiro....

Anónimo disse...

Ao segundo "anónimo"....Tás daâa
Claro que a alheira não faz parte da gastronomia da Madeira. É verdade que também se come com bacalhau, mas no norte de Portugal nos comemos com grelos.
(Transmontano)

anti-anonimo disse...

grelo tambem é outra coisa de comer...

Saúl Dantas disse...

Eu, pessoalment prefiro "grelo" sem bacalhau...